No ar

Fábio José

Campeiro da Noite

20:00 - 23:00 com Fábio José

No ar - Campeiro da Noite Ouça ao vivo

VÍCIO DE INICIATIVA

VÍCIO DE INICIATIVA

Tramita, em regime de urgência, na ALESC, o Projeto de Lei n. 0005.1/2018, que visa alteração da Lei Estadual n. 6.218/83, fixando nova idade limite de idade para transferência “ex officio” de Oficiais Militares para reserva e reforma. Atualmente, a reserva compulsória para Oficiais Militares encontra-se fixada em 59 anos e a passagem para a reforma em 65 anos. O legislador catarinense pretende ampliar as referidas idades limites: 65 anos (reserva remunerada) e 70 anos (reforma).

O referido PLC é de origem parlamentar, cujo conteúdo versado é a modificação da idade limite dos Oficiais da Polícia Militar. Trata-se, assim, de tema relativo ao regime jurídico dos militares (reserva compulsória e reforma). Porém, segundo o disposto no art. 61, §1º, II, “f”, da Constituição Federal – de observância compulsória pelos Estados da Federação -, esta matéria somente pode ser tratado mediante projeto de lei de iniciativa privativa do Chefe do Poder Executivo Estadual.

A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal é clara e reiterada no sentido de afirmar que, especificamente quanto ao regime jurídico dos militares, por força do art. 61, §1º, II, f, da CF/1988, a iniciativa de lei é, à luz do princípio da simetria, do Governador do Estado. Neste caso, cumpria à Comissão de Constituição e Justiça da ALESC determinar o arquivamento da referida proposição, uma vez que há o ferimento das reservas constitucionais de iniciativa.

Portanto, a ALESC investe seu tempo, energia e os recursos públicos na tramitação e análise de projeto de lei manifestamente inconstitucional. Tal iniciativa parlamentar implica, seguramente, invasão abusiva e afrontosa ao poder de iniciativa reservada privativamente ao Chefe do Poder Executivo Estadual. Infelizmente, caso seja aprovada a mencionada proposição legislativa, a única conduta esperada do Governador será o veto à referida proposição legislativa, pois a sua inconstitucionalidade é manifesta e gritante.


Publicado por: Douglas Varela Data: 13/06/2018 10:22

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 16/08/2018 20:55 por Jardel Martinazzo

Homem é preso por falta de pagamento de pensão alimentícia em Capinzal

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira, dia 16, por falta de pagamento de pensão alimentícia. Os policiais [...]

Publicado em 16/08/2018 20:32 por Jardel Martinazzo

Polícia Militar repassa instruções de trânsito para alunos de creches

Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Conquistando Meu Espaço do Loteamento Santa Maria receberam [...]

Publicado em 16/08/2018 10:51 por Jardel Martinazzo

Mais de 18% dos contribuintes deixaram de pagar o IPTU em Capinzal

Encerrou na quarta-feira (15) o prazo para os contribuintes quitarem a quarta e última parcela do Imposto Predial e [...]

Outras notícias

Publicado em 16/08/2018 10:02

Escola Viver e Conhecer reeditou o Dia da Cocada

A Escola Municipal Viver e Conhecer e a Associação de Pais e Professores [...]

Publicado em 16/08/2018 09:42

DIA DA SOBRECARGA DA TERRA

No dia 01 de agosto, a humanidade consumiu todos os recursos naturais que o [...]

Publicado em 16/08/2018 09:37

UM CAMINHO OBSCURO!

Como esta difícil compreender o que se passa em nosso país! A cada dia, além [...]

Publicado em 16/08/2018 09:33

SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO

O QUE É A SEGURANÇA DO TRABALHO? A Segurança do Trabalho é definida por [...]

Publicado em 16/08/2018 09:29

VIDA RELIGIOSA

"Qual é a minha vocação?" Quanto antes você fizer esta pergunta, melhor, [...]

Publicado em 15/08/2018 10:29

Adolescente de 14 anos confessa ter assassinado idosa na Vila Sete de Julho

Na manhã desta quarta-feira, dia 15, a Polícia Civil divulgou uma nota a qual [...]