No ar

Marlo Matielo

Canal Aberto

07:30 - 08:59 com Marlo Matielo

No ar - Canal Aberto Ouça ao vivo

  • WHATS

VÍCIO DE INICIATIVA

VÍCIO DE INICIATIVA

Tramita, em regime de urgência, na ALESC, o Projeto de Lei n. 0005.1/2018, que visa alteração da Lei Estadual n. 6.218/83, fixando nova idade limite de idade para transferência “ex officio” de Oficiais Militares para reserva e reforma. Atualmente, a reserva compulsória para Oficiais Militares encontra-se fixada em 59 anos e a passagem para a reforma em 65 anos. O legislador catarinense pretende ampliar as referidas idades limites: 65 anos (reserva remunerada) e 70 anos (reforma).

O referido PLC é de origem parlamentar, cujo conteúdo versado é a modificação da idade limite dos Oficiais da Polícia Militar. Trata-se, assim, de tema relativo ao regime jurídico dos militares (reserva compulsória e reforma). Porém, segundo o disposto no art. 61, §1º, II, “f”, da Constituição Federal – de observância compulsória pelos Estados da Federação -, esta matéria somente pode ser tratado mediante projeto de lei de iniciativa privativa do Chefe do Poder Executivo Estadual.

A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal é clara e reiterada no sentido de afirmar que, especificamente quanto ao regime jurídico dos militares, por força do art. 61, §1º, II, f, da CF/1988, a iniciativa de lei é, à luz do princípio da simetria, do Governador do Estado. Neste caso, cumpria à Comissão de Constituição e Justiça da ALESC determinar o arquivamento da referida proposição, uma vez que há o ferimento das reservas constitucionais de iniciativa.

Portanto, a ALESC investe seu tempo, energia e os recursos públicos na tramitação e análise de projeto de lei manifestamente inconstitucional. Tal iniciativa parlamentar implica, seguramente, invasão abusiva e afrontosa ao poder de iniciativa reservada privativamente ao Chefe do Poder Executivo Estadual. Infelizmente, caso seja aprovada a mencionada proposição legislativa, a única conduta esperada do Governador será o veto à referida proposição legislativa, pois a sua inconstitucionalidade é manifesta e gritante.


Publicado por: Douglas Varela Data: 13/06/2018 10:22

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 26/03/2019 05:48 por Marlo Matielo

Legislativo ourense analisou matérias importantes na última sessão do mês de março

O Legislativo ourense realizou a última sessão plenária do mês de março na noite desta segunda-feira, dia 25, com [...]

Publicado em 25/03/2019 18:41 por Marines Delazari Varela

Colisão traseira envolvendo carro e duas motos deixa três feridos na Cidade Alta

Policiais e Bombeiros militares atenderam um acidente de trânsito no final da tarde desta segunda-feira, dia 25, no [...]

Publicado em 25/03/2019 15:29 por Marines Delazari Varela

Diocese de Joaçaba realiza Jornada de Comunicação

Com o objetivo de fortalecer e ampliar a atuação da Pastoral da Comunicação (PASCOM), a Diocese de Joaçaba [...]

Outras notícias

Publicado em 26/03/2019 06:44

Elone Masson pede afastamento temporário do Legislativo

A vereadora Elone Masson apresentou pedido de afastamento temporário da [...]

Publicado em 26/03/2019 06:11

Amarildo Ganzala requer informações sobre atividades do Conselho de Desenvolvimento Econômico e de terreno doado à Cooperativa

A Câmara de Vereadores do município de Ouro aprovou por unanimidade na noite [...]

Publicado em 23/03/2019 13:51

Iniciaram as visitas da 13ª edição do Concurso de Redação do Consórcio Machadinho

Na última quinta-feira (21) foram realizadas as primeiras visitas de escolares [...]

Publicado em 22/03/2019 19:32

EMPRESAS DEVERIAS SE PREOCUPAR MAIS COM O FINANCEIRO DE SEUS COLABORADORES

Quando o colaborador de uma empresa está passando por dificuldades [...]

Publicado em 22/03/2019 19:04

OS DESAFIOS DO EMPREENDEDOR

Há um livro que todo empreendedor precisa ler com bastante atenção: “Do [...]

Publicado em 22/03/2019 19:02

A HISTÓRIA VIVE!

Em 1988, quando lecionava nas escolas Estaduais Mater Dolorum e Belisário [...]