No ar

Marcio Pedro

Programa Marcio Pedro

17:00 - 17:59 com Marcio Pedro

No ar - Programa Marcio Pedro Ouça ao vivo

  • WHATS

MARIA SEGALIM: “GRANDE PARTE DA VIDA BENZENDO”

MARIA SEGALIM:  “GRANDE PARTE DA  VIDA BENZENDO”

Qual morador ou moradora da comunidade de Novo Porto Alegre não conheceu a dona de casa, cantora e benzedeira Maria Segalim?
Desde criança, eu ouvia estas conversas: “Acho que tenho que me benzer, estou com erisipela”; “perdi um macaco de levantar a casa, ela fez oração e achei”; “fui me benzer de dor de perna e braço e fiquei bom”.
Será que ela me contaria os segredos contidos no coração de quem benze como a vivenciar uma missão comunitária? Quem pode benzer? A partir de que idade? É a pessoa mesma que toma a iniciativa ou recebe a missão de alguém? A comunidade conta com a presença de outras benzedeiras também, mas hoje convido você a conhecer um pouco do trabalho de Maria Segalim.
Maria Segalim nasceu em 1935. Em entrevista, no ano de 2009, ela me disse que começou a benzer quando se casou, com 19 anos de idade, depois de receber as orações por parte de Amabile Massucato, ao se transferir para outra comunidade distante. A própria Amabile trouxe as orações da Itália.
Conta Maria Segalim de como fazia:

“Todo mundo me pedia oração para dor de perna, braço. Eu rezava para 'costurar' osso, para sarar erisipela, torcicolo. Para achar coisas perdidas, rezava o 'Sequeri'. As orações que eu faço são feitas em conjunto, principalmente ao Espírito Santo e Santo Antonio. E de noite, além de rezar para o Espírito Santo e Santo Antonio, rezo também ao Anjo da Guarda, principalmente para as crianças, adoro crianças.
Deixei de benzer agora, depois que fiquei doente, mas passei grande tempo de minha vida benzendo.

Eu tive a oportunidade de ouvir um trecho das orações que ela fez, quando lhe pedi para benzer meu ombro direito, por fortes dores que sentia em consequência de esforços repetitivos no trabalho. Era assim: “Osso quebrado, nervo torto, carne rendida. Em nome de Deus e de Nossa Senhora...” e ia “costurando”.
Ela relatou que para uma pessoa sentir a melhora das dores, precisa não somente confiar na oração da benzedeira, mas também ter fé. E há casos em que a pessoa precisa voltar mais vezes, conforme a orientação recebida.
Eu poderia citar o nome de diversas pessoas que me contaram ter melhorado após se benzer com Maria Segalim. E de outras, que ela mesma nominou, mas prefiro citar a frase de Maria ao me explicar como se sente após o ato de benzer: “Eu me sinto bem porque as pessoas melhoram”.
Ela citou a oração popular “Sequeri”, oração citada no mundo inteiro, que em sua versão original se denomina “Si quaeris miracula”, um responsório em latim, em honra a Santo Antonio, texto de autoria de Frei Giuliano da Spira, de 1233, que faz parte da Liturgia das Horas. A primeira estrofe diz:

Se milagres desejais, recorrei a Santo Antônio/ Vereis fugir o demônio e as tentações infernais. Recupera-se o perdido. / Rompe-se a dura prisão,
e no auge do furacão / cede o mar embravecido [...].”

Como outras benzedeiras, que teremos oportunidade de conhecer nesta coluna, posteriormente, a atuação de Maria Segalim é manifestação de religiosidade e amor ao próximo, mas também o elo de uma corrente de fé e memória de tradições antigas que se perpetuam na história local.
Maria Segalim faleceu aos 8 de agosto de 2016. É exemplo na comunidade de Novo Porto Alegre. Cantava lindamente, voz inesquecível.


Publicado por: Douglas Varela Data: 14/04/2019 10:14

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 24/04/2019 15:50 por Jardel Martinazzo

Plenário suspende norma de SC que destinava 15% do orçamento estadual à saúde

Por maioria de votos, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) julgou parcialmente procedente a Ação Direta de [...]

Publicado em 24/04/2019 09:32 por Jardel Martinazzo

Epagri entrega alevinos da primeira compra coletiva de 2019

A Epagri realiza nesta quarta-feira, dia 24, na garagem da prefeitura de Ouro, a entrega de alevinos aos piscicultores [...]

Publicado em 24/04/2019 09:30 por Jorge Soldi

Ala Marco pede rescisão de contrato com a AD AGN e acerta com o futsal paranaense

O ala Marcos  não é mais jogador da AD AGN Capinzal. Em comunicado, o clube confirmou que o atleta pediu a rescisão [...]

Outras notícias

Publicado em 23/04/2019 10:01

Idoso foi vítima de atropelamento no centro de Capinzal

O Corpo de Bombeiros foi acionado na manhã desta terça-feira (23) para [...]

Publicado em 22/04/2019 16:33

PRF apreende 7.500 maços de cigarros contrabandeados do Paraguai na BR 158

Na manhã de hoje (segunda-feira), policiais rodoviários federais apreenderam [...]

Publicado em 22/04/2019 10:41

Concurso de Redação do Consórcio Machadinho recebe os primeiros textos

As primeiras redações da 13º edição do Concurso de Redação do Consórcio [...]

Publicado em 22/04/2019 09:48

Câmara de Vereadores de Ouro encerra nesta noite o ciclo de sessões do mês de abril

A Câmara de Vereadores do município de Ouro conclui na noite desta [...]

Publicado em 22/04/2019 09:25

Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em nova etapa hoje (22) [...]

Publicado em 22/04/2019 07:36

PM apreende facão e prende homem que agrediu esposa em Capinzal

Um homem de 47 anos foi preso na noite deste domingo (21) por violência [...]