No ar

Marcio Pedro

Programa Marcio Pedro

17:00 - 17:59 com Marcio Pedro

No ar - Programa Marcio Pedro Ouça ao vivo

  • Câmara de Vereadores de Ouro
  • Aniversário Rádio Capinzal 38 anos
  • Aniversário Rádio Capinzal 38 anos 2
  • Aniversário Rádio Capinzal 38 anos 3

HIGIENE PESSOAL

HIGIENE PESSOAL

7 (sete) – 70 (setenta) têm o intuito de mostrar, descrever e rememorar de como se vivia ha 70 (setenta) anos atrás e podermos comparar como nos portamos ou vivemos atualmente, a evolução com suas vantagens e, talvez, desvantagens.

Neste espaço vamos descrever como se vivia no interior e, até, em pequenos vilarejos. A comparação com a evolução de como se vive hoje fica por conta do caro leitor.

As mãos e o rosto a gente lavava ao se levantar e antes das refeições, quando não se esquecia e não estava apressado. Banho era no riacho e só quando se tinha que ir até o povoado, ao dentista ou estava doente, fora isso, se tomava banho aos sábados se não estivesse muito frio. (sem tirar as roupas íntimas).

Antes de ir dormir se lavava os pés em uma gamela (bacia de madeira). Era costume de um dos filhos (as) lavarem e enxugar os pés dos pais e, até, avós, um devotamento cristão de respeito com os mais idosos.

O cuidado com as unhas das mãos, somente, se cortava quando atrapalhavam nas tarefas diárias e o uso de esmalte ou similares era, praticamente, desconhecido do mundo feminino (quem usa-se não era muito vista como mulher de família) e as unhas dos pés só eram aparadas quando atrapalhavam ao calçar os sapatos ou botas.

Com os cabelos não era diferente. Os homens molhavam e penteavam e os moços usavam brilhantina para impressionar as moças. As mulheres apenas penteavam e ou mandavam fazer um permanente, onde o cabelo ficava enrolado (enriçados). O produto para lavar era sabão de soda, onde xampus, cremes, alisadores, pinturas e semelhantes eram desconhecidos. O tal de batom só era conhecido e usado na cidade grande. O que pensar de desodorantes e perfumes? Alguns usavam um perfume chamado “gauchinho”, muito forte, se sentia de longe.

Os dentes quem deveria cuidar eram os dentistas (todos práticos), pois não era costume o uso do palito e nem pensar em pasta de dente ou escavação diária. O dentista só era procurado quando a cárie estava grande e doía muito, era quando se fazia uso da pasta de dente e a escovação, sendo que existia só um tubo de pasta e uma única escova para uso coletivo da família. A pasta era da marca Kolynos, (até década de 90) com tubo de chumbo e não raro se usava como chumbada para pescar.

As roupas só eram trocadas uma vez por semana, aos sábados após o banho, ou em casos extraordinários. Para dormir, normalmente, não se trocavam de roupa, as mulheres, algumas, usavam um “beibidol” (espécie de vestido sem manga, mais solto, um pouco curto, de pano fino e leve). Havia as roupas domingueiras, uma muda (peça) de cada, usadas apenas para casos especiais, ir à missa, em batizados ou festas. Eram guardadas cuidadosamente, no retorno, com o cabide no guarda-roupa, as demais ficavam penduradas nos pregos.

As necessidades pessoais, geralmente, eram feitas na natureza, ao ar livre, no matinho, atrás de uma moita, de uma taipa, etc., e a higienização (limpeza) com folhas catadas no local. Em algumas famílias (casas) possuíam patentes (uma casinha de madeira, com buraco de no piso, construída em cima de um grande buraco cavado no chão) aí a higiene era feita com sabugo de milho e onde a família era assinante do Jornal Correio Rio-grandense, havia jornal, até acabar.

 


Publicado por: Douglas Varela Data: 08/04/2018 20:00

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 10/12/2018 17:02 por Jardel Martinazzo

Parque de Exposições Domingos Pellizzaro terá nova cancha de laço

Foi realizada na manhã de domingo (09) durante o rodeio do CTG Rancho de Boiadeiro, a assinatura da ordem de serviço [...]

Publicado em 10/12/2018 15:51 por Jardel Martinazzo

ACAP realiza Assembleia Geral Ordinária de prestação de contas

A Associação dos Acadêmicos de Capinzal (ACAP) realizou na manhã de domingo (09) no Clube da Colina, a Assembleia [...]

Publicado em 10/12/2018 11:02 por Marlo Matielo

Legislativo ourense realiza nesta noite a última sessão ordinária do atual exercício

Os vereadores e vereadoras do município de Ouro reúnem-se na noite desta segunda-feira, dia 10, para a última [...]

Outras notícias

Publicado em 07/12/2018 09:18

INEVITÁVEL É O PRAZER DE ESCREVER

Em minha estadia em Ouro-SC, venho encontrando pessoas que gostam de ler, mas [...]

Publicado em 07/12/2018 09:12

Estudantes recebem certificado de conclusão do projeto Câmara Mirim

Na manhã de quinta-feira (29) foi realizada a sessão de encerramento de mais [...]

Publicado em 07/12/2018 08:51

O QUE SIGNIFICA O SÍMBOLO DA RECICLAGEM?

O símbolo da reciclagem, representado por um triângulo, formado por três [...]

Publicado em 06/12/2018 11:22

E A NOSSA POLÍTICA!

Não restam dúvidas que a eleição de 2018, culminando com a vitória de [...]

Publicado em 06/12/2018 11:08

TEMPO DE ADVENTO

Iniciamos neste final de semana (02/12) o tempo do Advento, isto é, o tempo de [...]

Publicado em 06/12/2018 11:03

STRESS E SAÚDE BUCAL

Não, o stress sozinho não ira fazer você perder um dente. O que acontece é [...]