No ar

Pergunte ao Médico

Pergunte ao Médico

15:00 - 15:59 com Pergunte ao Médico

No ar - Pergunte ao Médico Ouça ao vivo

Empresário encontrou o artesanato como grande aliado contra a depressão

Empresário encontrou o artesanato  como grande aliado contra a depressão

O empresário ourense Ervino Masson, de 53 anos, teve o artesanato como grande aliado no combate a depressão. Foram cerca de nove anos sofrendo com a doença até que certo dia assistiu uma reportagem a qual mostrava pessoas que conseguiram se livrar do problema com ajuda do artesanato.

Masson conta que a partir do momento em que ocupava seu tempo na realização de peças em madeira, especialmente na construção de mesas e bancos artesanais, percebeu que as crises depressivas diminuíam e o sentimento de bem estar se tornava cada vez mais presente em sua vida.

Hoje, já são 18 anos que associa as funções de empresário no setor supermercadista e artesão. Além de um hobby, o artesanato também garante uma segunda fonte de renda. Ao longo de quase duas décadas já produziu centenas de peças que foram comercializadas e rederam recursos que, entre outras situações, aplicou na construção de uma sede no centro do município. O local proporciona lazer a família e amigos.

O empresário explica que nem mesmo o cansaço de um longo dia de trabalho lhe impede de produzir suas peças. Aliás, é justamente o artesanato que costuma realizar logo após o expediente, ou, até mesmo, num intervalo, entre o final da manhã e começo da tarde, que faz a diferença no encerramento de mais um dia.

Como toda profissão, existem dias em que a carga de estresse é tão grande que a pessoa necessita de algo que ajude a descarregar esta energia negativa e, ao mesmo tempo, recarregá-la com sensações de bem estar e satisfação que servirão de escudo contra os pensamentos maléficos que muitas vezes surgem nestes momentos.

Muitas vezes para atender a demanda de pedidos e ao mesmo tempo levado pelo sentimento de bem estar, o empresário afirma que chegou a ficar por sete horas depois do expediente se dedicando na produção de novas peças. As ideias, segundo ele, surgem muitas vezes instantaneamente. “Primeiro faço as peças pra mim e, se me agradar, faço outras pra vender”, comentou Masson que diz ter feito ao longo de quase vinte anos mais de 400 mesas, sem contar com outros tipos de peças.

Há mais de uma década o empresário faz parte da Associação Tecendo Cidadania de Ouro (ATECO). Ele conta que a união do grupo e as sugestões feitas pelos membros fortalece ainda mais seu trabalho e ao mesmo tempo garante maior segurança para continuar fazendo o que mais gosta.


Publicado por: Douglas Varela Data: 20/01/2018 08:00



Principais Notícias

Publicado em 20/01/2019 20:20 por Marlo Matielo

Agrônomo capinzalense será homenageado pelo CREA-SC

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (CREA-SC) realiza no próximo dia 24, a partir das 20 [...]

Publicado em 20/01/2019 20:12 por Marines Delazari Varela

Equipamento de som é apreendido após denúncia de perturbação de sossego alheio em Capinzal

Na tarde deste domingo (20), por volta das 13h40min, a Polícia Militar foi acionada para comparecer na Rua Emílio [...]

Publicado em 20/01/2019 07:53 por Marlo Matielo

AD AGN Capinzal confirma a contratação de mais 04 reforços

Dois goleiros, um pivô e um fixo foram anunciados durante a semana   Depois de renovar os contratos com os alas [...]

Outras notícias

Publicado em 19/01/2019 10:05

Segue a venda de fichas de assados e cucas da festa de São Paulo Apóstolo

Continua na manhã deste sábado (19) a venda de churrasco suíno (R$ 25,00) e [...]

Publicado em 18/01/2019 13:32

Bovino de aproximadamente 400 quilos morre ao ser atingido por raio no interior de Ouro

Uma vaca leiteira, pesando entre 380 e 400 quilos, morreu na noite desta [...]

Publicado em 18/01/2019 10:13

A SUPREMA INSEGURANÇA JURÍDICA

Durante muitos anos, discutiu-se, na comunidade jurídica nacional, se as [...]

Publicado em 18/01/2019 09:41

A ilusão de que somos imortais

O ano mal iniciou-se e já ouvi inúmeras pessoas dizendo “o tempo está [...]

Publicado em 18/01/2019 09:34

A LEVEZA DO CORPO ENTRE ÍNDIOS E ÍNDIAS MBYA-GUARANIS

Estive me lembrando nestes dias sobre um dos aspectos da minha pesquisa de [...]

Publicado em 18/01/2019 08:52

PRAIA IMPRÓPRIA PARA BANHO?

Cidades banhadas pelo mar são o destino de férias favoritos da maioria das [...]