No ar

Programação indisponível

Dinheiro arrecadado pode estar sendo usado para turismo e compra de carro

Dinheiro arrecadado pode estar sendo usado para turismo e compra de carro

A pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), foi determinado o bloqueio dos valores arrecadados pela campanha AME Jonatas e de um veículo no valor de R$ 140 mil em nome dos pais da criança, que sofre de atrofia muscular espinhal. O MPSC também requisitou à Polícia Civil a instauração de inquérito para apurar indícios do crime de apropriação indébita.

Os pedidos de bloqueio de bens e de instauração de inquérito foram feitos em ação da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joinville, ajuizada em 2017 para aplicação de medida de proteção à criança. Desde então, e em especial a partir de janeiro de 2018, a Promotoria de Justiça tem atendido cidadãos apontando que os pais da criança estariam utilizando os recursos arrecadados para levar uma vida de luxo.

De acordo com a Promotora de Justiça Aline Boschi Moreira em audiência judicial havia sido acordado que até o dia 31 de outubro de 2017 o casal prestaria contas dos recursos arrecadados pela campanha e despesas efetuadas, sendo os valores depositados em uma conta judicial. No entanto, os pais do menino não cumpriram o acordo.

Ao invés disso, chegou ao conhecimento da Promotoria de Justiça que o casal teria passado o ano novo em Fernando de Noronha, um dos destinos mais caros do Brasil, e adquirido um veículo no valor de R$ 140 mil. "O fato, salvo melhor juízo, demonstra que não se pode descartar, pelo menos nessa análise inicial, possível utilização de parte das doações para fins distintos daquele almejado: a garantia do direito à saúde de Jonatas", considera a Promotora de Justiça.

O pedido do Ministério Público para o bloqueio dos valores da campanha e do veículo adquirido foi deferido pelo Juízo da Infância e Juventude da Comarca de Joinville - decisão que é passível de recurso. Já a requisição de inquérito foi encaminhada à Delegacia Regional de Polícia de Joinville. Findo o inquérito, este será encaminhado à uma das Promotorias Criminais da Comarca para as providências necessárias.

Fonte: MPSC


Publicado por: Jardel Martinazzo Data: 17/01/2018 07:03

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 19/01/2019 20:07 por Marines Delazari Varela

Polícia Militar apreende pequena quantidade de droga no centro de Capinzal

A Polícia Militar apreendeu uma pequena quantidade de droga na tarde deste sábado (19), na área urbana de [...]

Publicado em 19/01/2019 14:56 por Marines Delazari Varela

Acidente com danos materiais no centro de Ouro

A Polícia Militar atendeu a um acidente de trânsito neste sábado (19), por volta das 11h50min na Rua Felipe Schmidt [...]

Publicado em 19/01/2019 10:28 por Jorge Soldi

Acampamento da Barra do Leão começa na segunda feira, dia 21

Começa na segunda feira, dia 21, a 30ª edição do Acampamento do Distrito da Barra do Leão, no interior de Campos [...]

Outras notícias

Publicado em 19/01/2019 10:05

Segue a venda de fichas de assados e cucas da festa de São Paulo Apóstolo

Continua na manhã deste sábado (19) a venda de churrasco suíno (R$ 25,00) e [...]

Publicado em 18/01/2019 13:32

Bovino de aproximadamente 400 quilos morre ao ser atingido por raio no interior de Ouro

Uma vaca leiteira, pesando entre 380 e 400 quilos, morreu na noite desta [...]

Publicado em 18/01/2019 10:13

A SUPREMA INSEGURANÇA JURÍDICA

Durante muitos anos, discutiu-se, na comunidade jurídica nacional, se as [...]

Publicado em 18/01/2019 09:41

A ilusão de que somos imortais

O ano mal iniciou-se e já ouvi inúmeras pessoas dizendo “o tempo está [...]

Publicado em 18/01/2019 09:34

A LEVEZA DO CORPO ENTRE ÍNDIOS E ÍNDIAS MBYA-GUARANIS

Estive me lembrando nestes dias sobre um dos aspectos da minha pesquisa de [...]

Publicado em 18/01/2019 08:52

PRAIA IMPRÓPRIA PARA BANHO?

Cidades banhadas pelo mar são o destino de férias favoritos da maioria das [...]