No ar

Marlo Matielo

Super Manhã

09:00 - 09:59 com Marlo Matielo

No ar - Super Manhã Ouça ao vivo

  • WHATS

Dinheiro arrecadado pode estar sendo usado para turismo e compra de carro

Dinheiro arrecadado pode estar sendo usado para turismo e compra de carro

A pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), foi determinado o bloqueio dos valores arrecadados pela campanha AME Jonatas e de um veículo no valor de R$ 140 mil em nome dos pais da criança, que sofre de atrofia muscular espinhal. O MPSC também requisitou à Polícia Civil a instauração de inquérito para apurar indícios do crime de apropriação indébita.

Os pedidos de bloqueio de bens e de instauração de inquérito foram feitos em ação da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joinville, ajuizada em 2017 para aplicação de medida de proteção à criança. Desde então, e em especial a partir de janeiro de 2018, a Promotoria de Justiça tem atendido cidadãos apontando que os pais da criança estariam utilizando os recursos arrecadados para levar uma vida de luxo.

De acordo com a Promotora de Justiça Aline Boschi Moreira em audiência judicial havia sido acordado que até o dia 31 de outubro de 2017 o casal prestaria contas dos recursos arrecadados pela campanha e despesas efetuadas, sendo os valores depositados em uma conta judicial. No entanto, os pais do menino não cumpriram o acordo.

Ao invés disso, chegou ao conhecimento da Promotoria de Justiça que o casal teria passado o ano novo em Fernando de Noronha, um dos destinos mais caros do Brasil, e adquirido um veículo no valor de R$ 140 mil. "O fato, salvo melhor juízo, demonstra que não se pode descartar, pelo menos nessa análise inicial, possível utilização de parte das doações para fins distintos daquele almejado: a garantia do direito à saúde de Jonatas", considera a Promotora de Justiça.

O pedido do Ministério Público para o bloqueio dos valores da campanha e do veículo adquirido foi deferido pelo Juízo da Infância e Juventude da Comarca de Joinville - decisão que é passível de recurso. Já a requisição de inquérito foi encaminhada à Delegacia Regional de Polícia de Joinville. Findo o inquérito, este será encaminhado à uma das Promotorias Criminais da Comarca para as providências necessárias.

Fonte: MPSC


Publicado por: Jardel Martinazzo Data: 17/01/2018 07:03

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 23/05/2018 07:09 por Marlo Matielo

Estelionatários passam cheques clonados da BRF no comércio de Capinzal

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis está alertando os associados sobre a [...]

Publicado em 23/05/2018 07:08 por Jardel Martinazzo

Oficiais de justiça advertem caminhoneiros para não bloquear rodovia

Oficiais de justiça estiveram conversando na tarde desta terça-feira (22) com os caminhoneiros que estão [...]

Publicado em 22/05/2018 13:23 por Douglas Varela

Câmara de Ouro aprova dois projetos e debate a situação da avicultura da região na terceira sessão do mês de maio

A terceira sessão plenária do mês de maio do Legislativo ourense foi marcada pelo debate de assuntos importantes e [...]

Outras notícias

Publicado em 20/05/2018 07:02

Veículo colide em barranco após atravessar a ponte em Luzerna

Uma mulher ficou ferida depois que um Fiat Uno, placas MAN-4163 de Herval [...]

Publicado em 19/05/2018 11:38

COMO A ALIMENTAÇÃO INFLUENCIA SUA SAÚDE BUCAL

Todos sabemos que existe uma relação direta entre o que ingerimos diariamente [...]

Publicado em 19/05/2018 11:31

Ideias para o seu FGTS: Não deixe seu dinheiro parado!

O Fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS) sem dúvidas é uma reserva [...]

Publicado em 19/05/2018 11:23

SONO E ADOLESCÊNCIA: INIMIGOS OU ALIADOS?

A adolescência pode ser sinônimo de muitos acontecimentos e permitir um leque [...]

Publicado em 19/05/2018 11:19

NEM TUDO SÃO FLORES!

credito que muitos ao deparar com o título do artigo, logo imaginaram [...]

Publicado em 19/05/2018 11:15

VINDE ESPÍRITO SANTO

No próximo fim de semana celebramos Pentecostes. É uma celebração religiosa [...]