No ar

Marcio Pedro / Antônio Luiz

Capinzal Negócios

07:00 - 07:29 com Marcio Pedro / Antônio Luiz

No ar - Capinzal Negócios Ouça ao vivo

  • WHATS

Caixa de Capinzal já financiou mais de R$ 134 milhões no Programa Minha Casa Minha Vida

Caixa de Capinzal já financiou mais de  R$ 134 milhões no Programa Minha Casa Minha Vida

 
Desde que foi criado em 2009 pelo Governo Federal, o Programa Minha Casa Minha Vida tem proporcionado a famílias de todo país o financiamento de suas novas moradias com juros mais atrativos e condições facilitadas de pagamento.

Em Capinzal, Ouro, Zortéa, Piratuba e Ipira, mais de 1.520 novas unidades habitacionais foram financiadas através da Caixa Econômica Federal, instituição responsável pela liberação dos recursos. Até agora o banco já financiou R$ 134,7 milhões nas cinco cidades.

Segundo gerente, Milton Arnaldo Schmidt, o maior montante é de Capinzal com a construção de 922 unidades habitacionais e o financiamento de R$ 82 milhões. Zortéa vem em seguida com R$ 41 milhões que está sendo aplicado na construção de 300 casas no Loteamento Nova Zortéa. Em números menores aparecem Ipira com R$ 5,5 milhões, Ouro R$ 3 milhões e Piratuba com pouco mais de R$ 1,8 milhões.

Schmidt revela que no ano passado a Caixa de Capinzal autorizou o financiamento de R$ 11,2 milhões para 90 unidades. O contrato mais recente foi assinado com a Sertrex Construções e Empreendimento para a execução do Residencial Tocata que contempla 31 apartamentos no Loteamento Benjamin Dorini.

O bancário conta que apreensão das construtoras, assim como de que pretendem realizar o sonho da casa própria é a redução do valor de financiamento através do programa. Atualmente na região o valor liberado é de até R$ 145 mil, mas a partir do ano que vem as cidades entre 20 e 50 mil habitantes o teto do financiamento deverá ser reduzido para R$ 100 mil. Nos demais municípios até R$ 90 mil.

No ano passado o Governo criou a faixa 1,5 que contempla famílias com renda financeira de R$ 1,6 até 2,6 mil. Para essa faixa, os juros chegam a 5% e o subsídio pode ir até R$ 37 mil. Além disso, é possível utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para pagar a entrada. Na faixa 2, a renda pode ser de até R$ 4 mil e na faixa 3, até R$ 9 mil.
Para este ano ocorreu uma elevação de meio por centro da taxa de juros em todas as faixas do programa.


Publicado por: Douglas Varela Data: 24/02/2018 10:24

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 26/03/2019 05:48 por Marlo Matielo

Legislativo ourense analisou matérias importantes na última sessão do mês de março

O Legislativo ourense realizou a última sessão plenária do mês de março na noite desta segunda-feira, dia 25, com [...]

Publicado em 25/03/2019 18:41 por Marines Delazari Varela

Colisão traseira envolvendo carro e duas motos deixa três feridos na Cidade Alta

Policiais e Bombeiros militares atenderam um acidente de trânsito no final da tarde desta segunda-feira, dia 25, no [...]

Publicado em 25/03/2019 15:29 por Marines Delazari Varela

Diocese de Joaçaba realiza Jornada de Comunicação

Com o objetivo de fortalecer e ampliar a atuação da Pastoral da Comunicação (PASCOM), a Diocese de Joaçaba [...]

Outras notícias

Publicado em 26/03/2019 06:44

Elone Masson pede afastamento temporário do Legislativo

A vereadora Elone Masson apresentou pedido de afastamento temporário da [...]

Publicado em 26/03/2019 06:11

Amarildo Ganzala requer informações sobre atividades do Conselho de Desenvolvimento Econômico e de terreno doado à Cooperativa

A Câmara de Vereadores do município de Ouro aprovou por unanimidade na noite [...]

Publicado em 23/03/2019 13:51

Iniciaram as visitas da 13ª edição do Concurso de Redação do Consórcio Machadinho

Na última quinta-feira (21) foram realizadas as primeiras visitas de escolares [...]

Publicado em 22/03/2019 19:32

EMPRESAS DEVERIAS SE PREOCUPAR MAIS COM O FINANCEIRO DE SEUS COLABORADORES

Quando o colaborador de uma empresa está passando por dificuldades [...]

Publicado em 22/03/2019 19:04

OS DESAFIOS DO EMPREENDEDOR

Há um livro que todo empreendedor precisa ler com bastante atenção: “Do [...]

Publicado em 22/03/2019 19:02

A HISTÓRIA VIVE!

Em 1988, quando lecionava nas escolas Estaduais Mater Dolorum e Belisário [...]