No ar

Marlo Matielo

Super Manhã

08:00 - 09:59 com Marlo Matielo

No ar - Super Manhã Ouça ao vivo

  • Jogo AD AGN FINAL
  • Aniversário Rádio Capinzal 38 anos
  • Aniversário Rádio Capinzal 38 anos 2
  • Aniversário Rádio Capinzal 38 anos 3

ALESC realizou em Capinzal audiência pública sobre embargo à carne de frango pela UE

ALESC realizou em Capinzal audiência pública sobre embargo à carne de frango pela UE

Na tarde desta sexta-feira, dia 18, no Centro Educacional Prefeito Celso Farina em Capinzal, foi realizada uma audiência pública para discutir o embargo da União Europeia pela carne de frango aos frigoríficos brasileiros. O debate foi promovido pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, através da Comissão de Agricultura e Política Rural.

O deputado estadual Natalino Lázare, presidente da Comissão, fez a abertura da audiência e em seguida repassou a palavra ao deputado Dirceu Desch, propositor do requerimento para a realização do evento. Prestigiaram ainda os deputados Cesar Valduga, Romildo Titon e Neodi Saretta, os prefeitos de Capinzal, Nilvo Dorini e de Ouro, Neri Miqueloto, vereadores, representantes de entidades, associações e órgãos do governo.

Dresch que também é vice-presidente da Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia da ALESC, destacou em sua manifestação que a realização da audiência pública não trará a solução para o problema, sendo que o mesmo não é nada fácil de resolver e que dependerá de muitos esforços. “Queremos somar estes esforços e sair daqui com maior clareza, inclusive do que está acontecendo e o que poderá ocorrer no futuro. Essa é nossa expectativa”, comentou.

“Tenho uma profunda divergência do processo de apuração que a Justiça brasileira faz [Operação Carne Fraca]. Acompanhei um pouco o caso da Volkswagen na Alemanha. Acho que essa grande questão que nenhum país destrói os seus setores industriais quando tem fatos de corrupção. Mas isola o problema da corrupção, apura a corrupção e não destrói seus parques industriais. Isso é muito grave o que está acontecendo no Brasil e eu já tenho denunciado isso inúmeras vezes na Assembleia Legislativa”, destacou Dresch.

“Nós não podemos jogar a criança com a água suja tudo fora, dessas grandes experiências que o Brasil era extremamente competitivo no setor do petróleo, da construção pesada e de carnes que eram os três setores principais que o Brasil competia em qualquer país do mundo em qual fosse a região a nível internacional. Temos que ter mais responsabilidade”, acrescentou.    

Ricardo de Gouveia, Diretor Executivo do Sindicato das Industrias de Carne e Derivados do Estado de Santa Catarina, lembrou que a crise do setor é maior do que ocorreu em 2003. “Não é só a União Europeia que nós estamos enfrentando, estamos enfrentando outros países também com algumas dificuldades. Lembrar que por exemplo a Rússia suspendeu as importações do Brasil em dezembro de carne suína, toda a importação, e até agora não retomou. Quarenta por centro da exportação de carne suína brasileira vai para a Rússia, então o impacto é muito grande”; disse Gouveia.

Demais autoridades que participaram: Secretário Geral da Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação, José Modelski Junior; Coordenador de Políticas da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins, Darci Pires da Rocha; Presidente da Associação de Transportadores de Aves de Capinzal, Danilo Deitos; Presidente da Associação dos Avicultores do Baixo Vale do Rio do Peixe, Alcides Borges; Diretor Executivo da Federação do Trabalhadores da Agricultura Familiar, Aerton Luis Valmorbida; Gerente de Administração da ADR de Joaçaba, Jorge Ronaldo Phol.

Unidade de Capinzal

No dia 07 de maio a unidade da BRF de Capinzal concedeu 30 dias de férias coletivas a mais de 3 mil funcionários do setor de abate. Ao mesmo tempo em que descansam, todos vivem a expectativa de como será após o retorno das atividades. Recentemente o presidente do SINDICADEZAL, Ludovino Soccol, que representa a classe, afirmou que ainda não existe nenhuma posição da empresa quanto possíveis demissões. 


Publicado por: Jardel Martinazzo Data: 18/05/2018 18:57



Principais Notícias

Publicado em 14/12/2018 13:51 por Marlo Matielo

Capinzal promoveu evento para marcar o encerramento das atividades com a melhor idade em 2018

A Administração Municipal de Capinzal promoveu na tarde desta quinta-feira, dia 13, no Centro Educacional Prefeito [...]

Publicado em 14/12/2018 08:50 por Jardel Martinazzo

Zortéa abre neste final de semana a programação natalina

O município de Zortéa abre neste domingo, dia 16, a programação natalina. Denominado “Um Encanto de Natal” o [...]

Publicado em 13/12/2018 08:29 por Jardel Martinazzo

Realizado em Capinzal a primeira edição do projeto Tomi Talks

Ocorreu na noite de segunda-feira (10) no auditório da Escola Mater Dolorum a 1º edição do projeto TOMI TALKS. O [...]

Outras notícias

Publicado em 14/12/2018 09:23

Os 70 anos dos Direitos Humanos e a universalização de direitos na sociedade

“Onde, afinal de contas, começam os direitos humano? Em pequenos lugares, [...]

Publicado em 14/12/2018 08:10

Blockchain: O mundo mudará sua forma de fazer negocios!

O Blockchain causará no mercado financeiro a mesma revolução que a internet [...]

Publicado em 14/12/2018 08:04

NA FASE DAS DESCOBERTAS, ARRISQUE-SE!

O corpo estende-se, mamilos crescem, músculos começam a se definir, fiozinhos [...]

Publicado em 14/12/2018 08:01

QUANTO PIOR MELHOR!

Quem estuda a História do Brasil, percebe que com a chegada dos portugueses, [...]

Publicado em 14/12/2018 07:58

UMA VOZ CLAMA NO DESERTO

Esta poderia ser uma idéia central, nestas primeiras semanas do tempo de [...]

Publicado em 11/12/2018 06:22

Câmara de Vereadores de Ouro realizou a última sessão ordinária do ano na noite desta segunda-feira

A Câmara de Vereadores do município de Ouro realizou a última sessão [...]